Agência, conhecimento e capacidades críticas no capitalismo contemporâneo: uma abordagem cosmopolita a partir de baixo / Agency, knowledge and critical capacities in contemporary capitalism: a cosmopolitan from below approach

Autores

  • Vando Borghi Universidade de Bologna - UNIBO

Resumo

Este artigo tem como objetivo focar-se no processo de transformação do conhecimento - algo intrinsicamente heterogêneo, indo de suas diferentes formas de vida e experiências especificamente situadas para uma natureza mais abstrata e universal -, naquilo que Armatya Sen define como “as bases informacionais de julgamento e justiça”, isto é, as bases informacionais sobre as quais as ações e as políticas estão fundamentadas.  Trata-se de um processo crucial, visto que contribui decisivamente para estruturar o território no qual as políticas intervirão, estabelecendo como as fronteiras desse território devem ser delimitadas, o que neste deve ser incluído e o que pode ser deixado de lado em uma área legítima de indiferença social, política e burocrática. Tal processo precisa ser histórica e sociologicamente situado, a fim de se compreender plenamente o modo como as capacidades dos atores nele estão implicadas. O artigo procura apontar para a chamada “armadilha do trajetorismo (trajectorism)” que caracteriza o campo de tensão configurado pelo modo capitalista de traduzir o espaço de possibilidades aberto pela modernidade: a relação conhecimento/bases informacionais é fortemente afetada pelas iniquidades sociais e concorre ela mesma para reproduzi-las. Uma abordagem inspirada em um cosmopolitismo de baixo será explorada, considerando as capacidades dos cidadãos - nos termos da capacidade de aspirar - que podem estar ativamente envolvidas no processo de transformação do conhecimento em bases informacionais. Uma redefinição do processo de produção do conhecimento em termos de direito humano à pesquisa parece ser a direção a ser conduzida a fim de estimular essa relação entre capacidade e conhecimento; e as ciências sociais podem encontrar um desafio promissor de revitalização ao conduzirem a si mesmas nessa direção. 

Biografia do Autor

Vando Borghi, Universidade de Bologna - UNIBO

Doutor em Sociologia pela Universidade de Bolonha. Professor do Departamento de Sociologia e Direito da Economia da Universidade de Bolonha. 

Downloads

Publicado

2018-12-19