Cidadania enquanto “mercadoria política”: reflexões em torno do exemplo dos refugiados sírios na rota do Mediterrâneo / Citizenship as a “political commodity”: the case of the Syrian Refugees in the route of the Mediterranean

Autores

  • Fabio Martinez Serrano Pucci Universidade Federal de São Carlos/ Estudante de doutorado
  • Oswaldo Mário Serra Truzzi Universidade Federal de São Carlos/ Professor Titular

Resumo

O objetivo deste artigo é -- a partir do exemplo da travessia de refugiados sírios para a Europa pelo Mediterrâneo -- analisar como o monopólio dos Estados sobre a concessão da cidadania está relacionado à sua conversão em uma “mercadoria política” (MISSE, 2015) muito lucrativa para atravessadores de fronteiras e traficantes de pessoas. Conclui-se que a adoção de políticas restritivas que combatem este mercado ilegal -- que é o caso do fechamento da rota do Mediterrâneo -- paradoxalmente aumenta o lucro dos atravessadores de fronteiras e traficantes de pessoas, bem como eleva o risco à vida dos refugiados.

Biografia do Autor

Fabio Martinez Serrano Pucci, Universidade Federal de São Carlos/ Estudante de doutorado

Graduado em Ciências Sociais pela PUC-SP e Mestre em Ciências Sociais pela mesma instituição, com bolsa FAPESP. Realizou um estágio de iniciação científica com apoio do CNPq, trabalho pelo qual recebeu o prêmio de Menção Honrosa. Durante o ano de 2013 foi bolsista da CLACSO, desenvolvendo trabalho sobre a questão da xenofobia, do preconceito e afirmação das identidades culturais dos bolivianos em São Paulo. Atua principalmente nos seguintes temas: alteridade, bolivianos, imigração, racismo e segregação. Atualmente é Doutorando em Sociologia pela UFSCar.

Oswaldo Mário Serra Truzzi, Universidade Federal de São Carlos/ Professor Titular

Possui Doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP; 1993) e Mestrado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas -- SP (FGV; 1985). É Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Downloads

Publicado

2020-12-28