O “Ser Filho de Imigrante” na Vida Social dos Jovens Imigrantes Brasileiros de Segunda Geração nos Estados Unidos / Being "Children of Immigrants" in the Social Life of Young Brazilian Second-Generation Immigrants in the United States of America.

Autores

Resumo

O presente artigo aborda as temáticas do ser filho de imigrantes e ser um jovem imigrante brasileiro de segunda geração nos Estados Unidos. Transitando sobre as questões das identidades, vínculos e pertencimentos étnicos e sociais desses jovens o texto procura refletir sobre como o ser filho de imigrantes e ser imigrante de segunda geração impactam na vida social desses jovens dentro do contexto da sociedade norte-americana contemporânea. O artigo procura mostrar que ser um imigrante brasileiro de segunda geração tanto implica em estar vinculado à sua origem étnica parental, quanto ter uma forte ligação e sentimentos de pertencimento em relação à sociedade na qual eles vivem, os E.U.A

Biografia do Autor

Antonio Mendes da Costa Braga, Universidade Estadual Paulista, Unesp, SP, Brasil

Departamento de Sociologia e AntropologiaPrograma de Pós-Graduação em Ciências SociaisFaculdade de Filosofia e CiênciasUnesp, SP, Brasil

Downloads

Publicado

2020-02-04